Curiosidades do Rádio: CCR Nova Dutra FM, a rádio da Via Dutra

Rio Claro, SP — A CCR FM é uma emissora de rádio sediada na cidade de Santa Isabel (SP), cujo foco é informar quem trafega na via Dutra


Essa é a coluna "Curiosidades do Rádio", a coluna do Intermedia na qual revelamos várias curiosidades do rádio no Brasil. Hoje, vamos falar da CCR Nova Dutra FM, uma emissora voltada à prestação de serviço na principal ligação entre São Paulo e Rio de Janeiro.


Histórico — A concessionária que venceu a licitação para operar a via Dutra (BR-116), a NovaDutra S/A (Grupo CCR), planejava a instalação da rádio pela rodovia ainda em 2000, quando se iniciaram os testes para a sua implementação. O projeto, inicialmente, tinha o nome de "Rádio Estrada". A emissora ficou no ar apenas em caráter experimental durante muitos anos, até quando foi inaugurada, no dia 2 de setembro de 2013, na frequência FM 107,5 MHz, por toda a extensão da rodovia. Sua concessão é na cidade de Santa Isabel (SP).

Programação — A programação da emissora é voltada para a prestação de serviços aos usuários que trafegam pela rodovia.
De acordo com a CCR, o principal objetivo do serviço é alertar os motoristas sobre as condições de tráfego durante a sua viagem, diminuir os acidentes e salvar vidas. Ainda de acordo com a concessionária, a equipe de profissionais da emissora trabalha 24 horas por dia, atenta a todos os acontecimentos na rodovia.
A CCR FM também contribui para a redução de acidentes na via Dutra e ajuda a salvar vidas. Com 24 horas por dia de programação exclusiva sobre o tráfego, operações especiais em feriados e eventos na rodovia, informação sobre obras, campanhas de segurança, orientações sobre saúde e de direção defensiva. 
Além disso, veicula notícias do Brasil, do mundo e das 36 cidades localizadas às margens da rodovia que liga as capitais de São Paulo e do Rio de Janeiro, e também acompanha os principais eventos realizados em seu eixo.

"Radiovia" — A CCR FM opera desde sua inauguração, em 2013, em “caráter experimental” temporário. O serviço foi implantado a pedido da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), que incluiu no edital esse serviço. Até hoje, a solução definitiva não saiu do papel.
O que era para ser um teste, acabou por se tornar efetivo. Em 2018, a Nova Dutra tentou uma solução para que a emissora deixasse de operar em situação precária. De acordo com a ANTT, o contrato de concessão vence em 2021. O serviço prestado pela concessionária só atende aos usuários que trafegam na Via Dutra e paga pedágio.
O Departamento de Radiodifusão do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) deve incluir em sua agenda de políticas de 2020 a regularização de um novo serviço de rádio que só pega ao longo das rodovias. Recentemente, a emissora completou 6 anos no ar.

Outras "radiovias" — A CCR FM não é a única experiência de radiovias no Brasil. Entre 2004 e 2018, operou em Porto Alegre (RS), na rodovia BR-290, que liga a capital gaúcha ao litoral norte do Estado. A “Radiovia”, como era conhecida a emissora, tinha o controle da Concessionária da Rodovia Osório-Porto Alegre S.A (CONCEPA). Há um projeto, da própria CCR, de levar a CCR FM também para as rodovias Anhanguera (SP-330) e Bandeirantes (SP-348), através da frequência FM 88,3 MHz.

Vídeos — Confira um trecho da programação da CCR FM, publicado pelo usuário Leandro Carlos no YouTube:


Fico por aqui. Em breve, mais "Curiosidades do Rádio" aqui no Intermedia.

Coluna originalmente publicada no dia 11 de setembro de 2019, no antigo Blog do Grupo da Informação. Dia 21 de outubro, vem aí as colunas INÉDITAS no Portal Intermedia!

Postar um comentário

0 Comentários